top of page

Marcia Tiburi examina os temas fundamentais para o feminismo atual e nos convida a refletir sobre a solidão, a política, a identidade, os lugares de debate e a violência. Nessas páginas lúcidas e luminosas, a começar pela crítica ao patriarcado, nos incentiva a produzir ideias para uma sociedade mais justa, que leve em conta todas as lutas dos oprimidos - por gênero, raça, classe social ou orientação sexual.

Podemos definir o feminismo como um desejo de democracia radical, dedicado à luta pelos direitos de todos aqueles que são forçados a sofrer sistematicamente as injustiças armadas pelo patriarcado. Porque o patriarcado, ao contrário do que se possa pensar, não é um processo que afeta exclusivamente a esfera feminina; em vez disso, envolve todos os seres cujo corpo é definido pelo uso que dele é feito.

Com este livro, a filósofa brasileira, em exílio voluntário em Paris por motivos políticos, nos convida a repensar essas estruturas e levar o feminismo a sério, para além das modas e dos clichês. A esperança é que, ao repensar criticamente o movimento, com uma linguagem acessível a iniciantes e mais experientes, "o oposto da solidão seja portador de uma ideia de feminismo em comum capaz de melhorar a forma como vemos e inventamos a vida".

O CONTRÁRIO DA SOLIDÃO: MANIFESTO POR UM FEMINISMO EM COMUM, Marcia Tiburi

SKU: 9789899019027
C$19,90Preço

    Veja também: